4 benefícios para a saúde de bagas para dormir

Ashwagandha (Withaniai somnifera), também conhecido como “baga adormecida” ou “ginseng indiano”, é um arbusto perene nativo da Índia, África e partes do Oriente Médio. A planta pertence à família das solanáceas e é frequentemente classificada como um adaptógeno natural. Os adaptógenos são substâncias vegetais que ajudam o corpo a se adaptar ao estresse físico e mental. Em Ayurveda, medicina tradicional indiana, Ashwagandha tem sido uma das ervas mais importantes por séculos.

Aqui estão os benefícios mais importantes para a saúde da poderosa planta medicinal:

1. Reduza a ansiedade e o estresse

O cortisol é um hormônio endógeno e é formado nas glândulas supra-renais com a ajuda do colesterol. Está envolvido em muitos processos metabólicos, aumenta o desempenho e é cada vez mais liberado como reação ao estresse. Por outro lado, um excesso de cortisol pode ter consequências negativas para a sua saúde. Ashwagandha demonstrou apoiar as glândulas supra-renais normalizando os níveis de cortisol. Isso reduz os efeitos negativos de níveis muito altos (ou muito baixos) de cortisol.

Além disso, estudos indianos indicam que a planta medicinal também pode melhorar sintomas de ansiedade e depressão. Por exemplo, pesquisadores administraram altas doses de ashwagandha a pessoas com ansiedade. Juntamente com outras intervenções, a ashwagandha melhorou significativamente a saúde mental, o foco, os níveis de energia e a qualidade de vida geral.

2. Aliviar a insônia

Não é à toa que Ashwagandha também é chamada de baga adormecida. Pesquisas preliminares descobriram que a ashwagandha pode ajudá-lo a adormecer mais rápido e ter uma melhor qualidade de sono. Após oito semanas de uso da planta medicinal, o sono dos participantes melhorou significativamente. Isso não apenas reduziu o tempo necessário para adormecer, como os participantes também tiveram um sono mais repousante em geral e acordaram menos no meio. Além disso, pesquisadores da Universidade de Tsukuba, no Japão, descobriram que as folhas da planta contêm trietilenoglicol (TEG) e que esse componente é responsável por um efeito indutor do sono.

Mas não se preocupe: enquanto os tratamentos farmacológicos para a insônia podem levar à habituação ou mesmo ao vício, os suplementos de ashwagandha não carregam esse risco – tornando-os uma boa alternativa para pessoas com problemas de sono.

Na Alemanha, cinco a dez por cento das pessoas sofrem de distúrbios do sono. Você pode descobrir o que ajuda contra isso neste artigo: Insônia

3. Acalma a inflamação

Ashwagandha tem efeitos anti-inflamatórios e imunizantes. A pesquisa mostrou que a ashwagandha aumenta a atividade das células natural killer. Graças a essas propriedades, a planta não apenas fortalece o sistema imunológico, mas também ajuda a reduzir a inflamação das articulações (artrite) e a dor e a proteger a cartilagem. Além disso, a erva medicinal é rica em ferro e, assim, contribui para o desenvolvimento dos glóbulos vermelhos, cuja função é transportar o oxigênio vital para os órgãos e tecidos.

4. Efeito positivo no equilíbrio hormonal

O desequilíbrio hormonal é uma das principais causas de muitas doenças nas mulheres. No início da menopausa, cada vez mais não há ovulação, o que também faz com que o nível de progesterona no corpo feminino caia. Ao mesmo tempo, porém, há um excesso relativo de estrogênio. Como resultado, o equilíbrio hormonal não está mais presente. Como resultado, muitas mulheres sofrem de várias queixas físicas, como distúrbios do sono, alterações de humor, taquicardia e ondas de calor durante esse período. Um estudo de 2012 descobriu que as mulheres na menopausa que tomaram pó de ashwagandha experimentaram menos sintomas da menopausa do que antes do tratamento. Problemas de sono, ondas de calor, mudanças de humor e ansiedade melhoraram.

Também interessante: Artrite — tipos, diagnóstico e métodos de tratamento

Leave a Reply

Your email address will not be published.