Prevenir o colesterol alto: as 5 melhores dicas

O que é colesterol?

Colesterol alto? Do que se trata e por que o colesterol alto prejudica nossa saúde? O colesterol é uma substância semelhante à gordura (molécula lipídica) que precisamos, por exemplo, como um componente importante da nossa membrana celular. O colesterol vem em diferentes formas. Uma distinção pode ser feita entre lipoproteínas de alta densidade (HDL) e lipoproteínas de baixa densidade (LDL). O primeiro é considerado o colesterol “bom” porque é responsável pela remoção do excesso de colesterol. O colesterol LDL, por outro lado, é considerado “ruim”. O motivo: muito se acumula como placa nas paredes dos vasos, resultando no endurecimento das artérias. Estes prejudicam a circulação sanguínea e, consequentemente, o transporte de oxigênio e nutrientes. Em casos graves, pode até haver risco de acidente vascular cerebral ou ataque cardíaco.

Mas para não adoecer em primeiro lugar e se manter saudável pelo maior tempo possível, você deve ficar de olho em seus níveis de colesterol e seguir as dicas a seguir.

Prevenir o colesterol alto: 5 dicas

1. Dieta balanceada

Nossa dieta tem um grande impacto em nossos níveis de colesterol. A gordura saturada, encontrada em salsichas, laticínios e alimentos processados, como refeições prontas, assados ​​e salgadinhos, aumenta os níveis de lipídios no sangue. Os ácidos graxos insaturados, por outro lado, contribuem para um nível de colesterol saudável. Você os encontrará principalmente em alimentos como peixes, aveia, legumes, gorduras vegetais, como óleo de linhaça ou colza, nozes e sementes.

2. Exercício suficiente

Há muito se sabe que o esporte é uma verdadeira fonte de juventude e nos mantém em forma. Nossos níveis de lipídios no sangue também se beneficiam do exercício regular – o colesterol HDL, que protege os vasos, aumenta se você praticar esportes de resistência regularmente, como corrida, ciclismo ou natação. Além disso, o exercício queima calorias e reduz o metabolismo do açúcar.

3. Pare de fumar

O tabagismo é um dos maiores fatores de risco para doenças cardiovasculares. Porque se você fuma cigarros regularmente, pode obter níveis elevados de lipídios no sangue. Além disso, a nicotina se instala como placa nos vasos sanguíneos, razão pela qual distúrbios circulatórios e até mesmo oclusões vasculares podem ser causados. Razões suficientes para não começar a fumar ou para se livrar dos cigarros. Os primeiros resultados positivos já podem ser vistos após 24 horas, pois o risco de ataque cardíaco diminui lentamente.

4. Apontar para um peso normal

As pessoas que estão acima do peso geralmente tendem a comer muita comida. Estes são principalmente alimentos que são ricos em gorduras insalubres. Muita gordura também significa muito colesterol, que é transportado para o sangue e se acumula como placa nas paredes das artérias. Para evitar isso, você deve se esforçar para um peso normal, se possível, exercitando-se regularmente e contando com uma dieta equilibrada e saudável.

5. Tome cuidado preventivo

Como regra, o aumento dos níveis de lipídios no sangue só se torna fisicamente perceptível quando surgem problemas de saúde. Por esse motivo, é importante tomar medidas preventivas e fazer consultas regulares de check-up. Os médicos recomendam que as pessoas com idade superior a 35 anos devem ter seus lipídios no sangue verificados pelo menos a cada cinco anos. Se você tiver doenças anteriores, como pressão alta e trombose, converse com seu médico sobre a frequência com que seus níveis de lipídios no sangue devem ser verificados.

No vídeo: Promover a circulação sanguínea – dicas para uma melhor circulação

Leave a Reply

Your email address will not be published.